QUEM SOU EU

Minha foto
Goiânia, Goiás, Brazil
Escrevemos sobre assuntos ligados à história goiana, genealogia, artes, artesanato e assuntos de interesse de nossa família. Portanto, esse espaço pertence a uma pessoa somente, é público, todos podem ler se quiser, pois aqui publicamos vários tipos de assuntos, a grande maioria dos leitores se manifesta positivamente e com elogios, o que agradecemos muito. Os comentários devem ser acompanhados de identificação, com email, para que sua opinião seja publicada.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

MATÉRIA SOBRE PADRE LUIZ AUGUSTO publicada no JORNAL HOJE, EM 07.04.2011 Título: PADRE LUIZ AUGUSTO VAI DEIXAR A SAGRADA FAMÍLIA GUALTIERY RODRIGUES

Os fi­éis que fre­quen­tam a Pa­ró­quia Sa­gra­da Fa­mí­lia, na Vi­la Ca­naã, re­gi­ão su­do­es­te de Go­i­â­nia, con­vi­vem des­de ja­nei­ro com ru­mo­res de que o pa­dre Lu­iz Au­gus­to, há 15 anos no lo­cal, po­de ser trans­fe­ri­do pa­ra ou­tra pa­ró­quia. Nin­guém sa­bia até a tar­de de on­tem, quan­do a re­por­ta­gem se re­u­niu com re­pre­sen­tan­tes da co­mu­ni­da­de, para con­fir­mar a ve­ra­ci­da­de do bo­a­to, mas a Ar­qui­di­o­ce­se de Go­i­â­nia con­fir­ma a no­tí­cia. O pa­dre se­rá sim trans­fe­ri­do, com da­ta e des­ti­no ain­da não di­vul­ga­dos. Con­trá­rios à de­ci­são, os mem­bros da Igre­ja se mo­bi­li­zam fer­vo­ro­sa­men­te e cla­mam pe­la per­ma­nên­cia de­le.
Nos 15 anos de ad­mi­nis­tra­ção pa­ro­qui­al, Lu­iz Au­gus­to acu­mu­lou his­tó­ri­co de re­a­li­za­ções, pro­je­tos so­ci­ais, ado­ra­ção de fi­éis e am­pli­a­ção fí­si­ca, que era quan­do ele che­gou, so­men­te uma pe­que­na igre­ja. Ho­je, tem ca­pa­ci­da­de pa­ra re­ce­ber pe­lo me­nos cinco mil pes­so­as sen­ta­das. Aos do­min­gos, quan­do são re­a­li­za­das qua­tro mis­sas, cal­cu­la-se que pas­sam pe­lo lo­cal 20 mil fi­éis, que vêm de to­dos os bair­ros da ca­pi­tal, in­clu­si­ve de ou­tras ci­da­des.


Foi na pa­ró­quia que Lu­iz deu iní­cio à car­rei­ra sa­cer­do­tal. Ele se for­mou em São Pau­lo e te­ve ins­pi­ra­ção na Re­no­va­ção Ca­ris­má­ti­ca, da qual é con­se­lhei­ro em Go­i­ás. O mo­vi­men­to se ca­rac­te­ri­za pe­la in­ten­ção de res­ga­tar os ca­ris­mas e dons da re­li­gi­ão ca­tó­li­ca por meio de ma­nei­ra mais di­nâ­mi­ca de ce­le­bra­ção. Com mú­si­cas, cân­ti­cos, en­ce­na­ções, pro­je­tos de ca­ri­da­de e se­gui­men­to ri­go­ro­so dos câ­no­nes, o pa­dre se­guiu à ris­ca tal pos­tu­ra e, as­sim, co­me­çou a ter uma das mis­sas mais com­pe­ti­das de Go­i­â­nia.


A Ar­qui­di­o­ce­se de­cla­rou ser nor­mal a trans­fe­rên­cia e ro­ta­ti­vi­da­de de pa­dres nas igre­jas, in­de­pen­den­te dos pro­je­tos de­sen­vol­vi­dos e do tem­po de es­ta­dia. Igual a Lu­iz Au­gus­to exis­tem ou­tros exem­plos na ca­pi­tal de sa­cer­do­tes que che­ga­ram a fi­car até mais tem­po que ele em al­gu­mas pa­ró­quias e fo­ram trans­fe­ri­dos. Ca­so fa­mo­so é do pa­dre Jo­sé Val­dê­nio de An­dra­de Ar­ra­es, que fi­cou cer­ca de 17 anos na pa­ró­quia San­to Iná­cio de Lo­yo­la, no Con­jun­to Ri­vi­e­ra, re­gi­ão les­te, e foi pa­ra a do Se­tor San­ta Ge­no­ve­va.


Ne­nhum re­pre­sen­tan­te da Ar­qui­di­o­ce­se fa­la ain­da so­bre o as­sun­to. A As­ses­so­ria de Co­mu­ni­ca­ção in­for­mou que em bre­ve se­rá di­vul­ga­do o cro­no­gra­ma de trans­fe­rên­cias, que já vêm sen­do fei­tas des­de o iní­cio do ano nos 27 mu­ni­cí­pios que a com­põe, com di­vul­ga­ção de mai­o­res de­ta­lhes so­bre as mu­dan­ças.
Em ar­ti­go pu­bli­ca­do no si­te da Ar­qui­di­o­ce­se, em ja­nei­ro, – in­ti­tu­la­do “Mu­dar é Pre­ci­so” – o ar­ce­bis­po dom Was­hing­ton Cruz afir­ma que a trans­fe­rên­cia é re­cur­so an­ti­go da Igre­ja Ca­tó­li­ca, no in­tui­to de aju­dar to­dos, en­tre pa­dres e pa­ro­qui­a­nos, a oxi­ge­nar prá­ti­cas e cres­cer na fi­de­li­da­de do evan­ge­lho. O ob­je­ti­vo se­ria ex­pan­dir pa­ra ou­tras co­mu­ni­da­des as ações de pá­ro­cos ex­pe­ri­en­tes.


Já em tom de des­pe­di­da e ten­tan­do re­ver­ter a si­tu­a­ção, os fi­éis e re­pre­sen­tan­tes das ati­vi­da­des de­sen­vol­vi­das pe­la Pa­ró­quia já co­me­çam a se or­ga­ni­zar. Fi­ze­ram, in­clu­si­ve, um abai­xo as­si­na­do na in­ter­net – no si­te www.pe­ti­cao­pu­bli­ca.com.br – pa­ra co­le­tar as­si­na­tu­ras con­tra a sa­í­da do pa­dre. On­tem à noi­te, me­nos de uma se­ma­na de­pois, o nú­me­ro de no­mes na lis­ta já che­ga­va a mil. No pró­xi­mo dia 17, se­rá fei­ta uma pas­se­a­ta, às 16 horas, com sa­í­da do co­re­to da Pra­ça Cí­vi­ca.


Projetos sociais
Di­ver­sas pes­so­as são au­xi­li­a­das pe­los pro­je­tos so­ci­ais de­sen­vol­vi­dos pe­la Pa­ró­quia. Fi­el e ca­te­quis­ta, Ân­ge­la Me­ne­zes di­ag­nos­ti­cou tu­mor be­nig­no no cé­re­bro há al­guns mes­es e o me­di­ca­men­to pa­ra tra­tar a do­en­ça vem sen­do pro­vi­do pe­la igre­ja. O re­mé­dio, com oi­to com­pri­mi­dos, cus­ta, se­gun­do ela, R$ 230 e por du­rar pou­co ela não tem con­di­ção fi­nan­cei­ra pa­ra com­prá-lo sem­pre.

2 comentários:

  1. maria das graças ribeiro da silva7 de maio de 2011 23:25

    eu amo o padre luiz em cristo jesus, ele é pastor maravilhoso e muito honrado as suas obras e o seus testemunhos não o deixam mentir, a verdade sempre prevalece e todas as maldades que falam contra ele não prevaleceram porque tudo concorre para o bem daqueles que amam a deus.

    ResponderExcluir
  2. HARILENE SOARES DE FREITAS3 de novembro de 2011 13:57

    NÓS DA COMUNIDADE ATOS ESTAMOS INDIGNADOS PELA SITUAÇAO DO PE LUIZ AUGUSTO , ESPERAMOS RESPOSTAS ! OBRIGADO !

    ResponderExcluir

os comentários somente referentes ao blog, sem ofensas e com nome e sobrenome. Os ANÔNIMOS serão descartados. Até 10 linhas.